Meet… the Birdy

E os goodies que chegaram com ela:

New Birdy goodies

Depois de algumas semanas a aguardar ansiosamente, recebemos hoje aquela que será a minha nova “bicicleta de serviço” (a bicicleta da CaP que vou usar em trabalho e fora dele), uma Birdy City Premium, da Riese und Müller. As premissas eram:

  • ser compacta (vou mudar-me para um apartamento mui piqueno)
  • ser dobrável (pretendo tentar adoptar um estilo de vida tendencialmente car light, pelo que a co-modalidade com os transportes públicos é vital)
  • ser confortável para usar em Lisboa (and beyond), com as suas ruas em empedrado, estradas em mau estado, e subidas, e em viagens curtas ou longas
  • requerer pouca manutenção
  • ser fácil e simples de usar
  • ter qualidade (ou seja, durabilidade e boa performance)
  • ser bonita 🙂

A solução foi esta:

Birdy in "the wild"

🙂 É linda, não é?

Uma bicicleta dobrável em alumínio e com suspensão total, com roda 18” e pneus “balloon“, com 8 mudanças de cubo, luz dianteira alimentado por dínamo de cubo, travões de aro hidráulicos, porta-bagagens com rodinhas (para a poder levar a rolar, dobrada, como se fosse um trolley), pára-lamas, bomba de ar dentro do espigão do selim, apoio de descanso, bolsa de quadro (para levar alguma pequena bagagem essencial), cadeado, capa (para tapar a bicicleta ao levá-la para sítios menos “bici-tolerantes”), e saco de transporte (para levá-la nos autocarros Expresso, comboios, etc).

You get what you pay for, pelo que o preço está ao mesmo nível do equipamento e performance, claro. Contudo, pelas minhas contas, se a usar para uma média de 10 Km / dia nas minhas deslocações pessoais e profissionais (em vez do carro), ela paga-se em pouco mais de ano e meio. Ora, espero poder fazer uma média superior a isso, e concerteza que ela estará aí para durar muito além desse ano e meio (e sem desvalorizar brutalmente como um carro)! 🙂

Há anos que sonhava com uma Birdy amarela (a minha cor favorita), mas agora que a oportunidade de ter uma finalmente chegou, decidi-me pelo rosa. Quero marcar uma posição ao andar por aí: mulheres, às bicicletas!! 😉

Claro que com isto passamos a ter, na Cenas a Pedal, finalmente, uma Birdy para demonstrações, o que é sempre bom, para um revendedor. 🙂

«Dê-nos uma boa razão para pôr alguém a andar de bicicleta»

Ciclistas, respondam ao apelo da Suzana e da Mónica, para bicicla@clix.pt, respondendo a umas perguntas simples:

1) diga-nos, numa frase, expressão ou ideia, o que diria a um amigo para o motivar a andar de bicicleta.

[(dica) lembre-se da eficácia do humor e da emoção quando se trata de persuadir alguém].

2) Quais os pontos que identifica como mais relevantes para sensibilizar a sociedade para preferir a bicicleta a outro veículo.

3) Conte-nos em 3 linhas como personaliza (ou personalizou na adolescência) a sua bicicleta. Qual a memória que o/a liga à bicicleta?

Saibam mais sobre o projecto de design de comunicação em que elas estão a trabalhar, “Design e mobilidade – por uma cidade mais inteligente e emotiva“, aqui.

Aprender a conduzir cenas a pedal, agora mais perto e mais barato

A partir de Junho passaremos a ter cursos de formação com datas, horários e locais pré-definidos, em grupos, e abertos a inscrições. O objectivo é poder oferecer este serviço aos interessados em moldes que o tornem mais acessível em termos de preço.

APRENDER A ANDAR DE BICICLETA (Nível 1)

Este é o curso para principiantes. Saber escolher e ajustar a bicicleta, avaliar o seu estado, dominar o equilíbrio e a direcção, saber usar os travões, arrancar e parar, contornar obstáculos, olhar em volta e p/ trás, levantar a mão do guiador, sinalizar, usar mudanças.

  • Crianças e adultos de todas as idades.
  • Curso mensal de 3 sessões, das 9h às 11h, a começar no 1º domingo de cada mês, na Lapa.
  • 4 vagas por curso.
  • 79 € / pessoa (inclui bicicleta).
  • Basta haver 1 inscrito para o curso se realizar.

INTRODUÇÃO À CONDUÇÃO DE BICICLETA EM ESTRADA (Nível 2)

Este é o curso de iniciação, para quem quer começar a ir de bicicleta para aqui e para ali, de uma forma eficiente, confortável e segura. Regras de trânsito, técnicas de condução, e dicas para usar a bicicleta como meio de transporte, para começar a usar a bicicleta em estradas com pouco movimento e/ou pouco complexas.

  • Adultos e crianças a partir dos 8 anos.
  • Curso mensal de 3 sessões, sábados das 9h às 11h, a começar no 1º sábado de cada mês, no Campo Grande.
  • 6 vagas por curso.
  • 79 € / pessoa (não inclui bicicleta, deve levar a sua). Inscreva-se com um amigo e usufruam de 15 % de desconto.
  • Basta haver 1 inscrito para o curso se realizar.

Continuaremos, claro, a dar também formação particular como até aqui, em datas, horários e locais acordados com o cliente, em Lisboa e concelhos limítrofes. Para 1 formando, individualmente, cursos idênticos ficarão em 149 €.

PRÓXIMOS CURSOS

  • Aprender a andar de bicicleta (Nível 1): Domingos dias 6, 13 e 20 de Junho, das 9h às 11h, na Lapa, Lisboa
  • Introdução à condução de bicicleta em estrada (Nível 2): 5, 12 e 19 de Junho, das 9h às 11h, no Campo Grande, Lisboa

Inscrições: cursos @ cenasapedal . com. Até dia 4 de Junho, inclusive.

Se está interessado mas para outras datas, horários ou locais, contacte-nos. Procuraremos ir expandindo e diversificando para chegar a toda a gente! 🙂

Benfica em Bicicleta – Workshop de Condução e Oficina Aberta

benfica em bicicleta

O objectivo deste programa é promover na população local os conhecimentos básicos de modo a tornar o uso da bicicleta uma opção viável de transporte nas pequenas deslocações quotidianas. Através de aulas teóricas e práticas de iniciação à condução de bicicleta no trânsito, pretende-se dotar os participantes com conhecimentos que lhes permitam usar a bicicleta e a circular na estrada em segurança e com confiança. Pretende-se igualmente motivar as pessoas para esta opção. Ensinar noções básicas sobre as regras do Código da Estrada, nomeadamente os artigos aplicáveis às bicicletas. Noções sobre a bicicleta, segurança pessoal na condução do veículo e desenvolver competências de operação e condução.

Esta iniciativa é coordenada pelo Ricardo Sobral, apoiada pela cooperativa POST e financiada pela Junta de Freguesia de Benfica, e conta com a colaboração da Cenas a Pedal. 🙂 Uma boa opção para ocupar um Domingo! O 1º workshop acontece já este fim-de-semana, dia 30 de Maio, e o 2º dia 6 de Junho. Mais info aqui.