Não foi o fim do mundo, mas foi o fim de duas bicicletas

Hoje, 6ª-feira dia 21 de Dezembro, cerca das 12h30, furtaram-nos duas bicicletas, uma Btwin de 21 mudanças, branca, com alguns anos, modificada: porta-bagagem Racktime, pára-lamas Georgia da Polisport, luzes da Cordo, apoio de descanso (já não é o que aparece na foto abaixo), e um selim de gel, e uma KTM Chicago, preta com letras em laranja, também com um selim diferente do original, mais largo e confortável, preto.

Se souberem do paradeiro delas, agradecemos qualquer informação que nos ajude a reavê-las (contactos aqui).

Esta segunda foto, onde já se vê a bicicleta com os pára-lamas e luzes, foi justamente tirada ontem, para ilustrar a montagem de um cesto:

A outra é uma destas, mas com um selim mais largo, preto:

Não desejamos mal aos dois indivíduos que nos fizeram isto (embora apeteça mesmo muito… 🙁 ), só esperamos que tenha sido por necessidade/desespero e não por ganância, preferimos pensar que alguém pôs comida na mesa para os filhos ou conseguiu pagar a renda de casa mais um mês à conta disto, e não que nos prejudicaram apenas porque puderam.

Apesar de não serem bicicletas de valor muito elevado, dada a nossa micro-dimensão ainda é um golpe considerável, dado que ficamos desfalcados em bicicletas de aluguer e de formação que teremos agora que arranjar forma de repôr.

Embora, vendo sempre o lado positivo da vida, pelo menos não foi o fim do mundo. 😛 Ninguém morreu, nem se feriu, nem houve outros danos, simplesmente teremos que trabalhar ainda mais para conseguir ultrapassar este prejuízo, quando esperávamos poder finalmente descansar um pouquinho que fosse, depois de um ano mesmo muito duro (embora bom mesmo assim!). Enfim, c’est la vie.

A título de agradecimento especial, ofereceremos uma Revisão Simples à sua bicicleta, a quem surja a oportunidade de nos ajudar e que tal leve à recuperação de alguma destas duas bicicletas.

A quem puder manter os olhos abertos, muito obrigada!

Voltamos dia 9 de Janeiro, mas antes, ideias de presentes de última hora

Um breve pré-aviso à navegação: a Cenas a Pedal estará encerrada entre dia 23 de Dezembro de 2012 e dia 8 de Janeiro de 2013, inclusivé.

Isso significa que apenas estaremos disponíveis mais estes dois dias antes do Natal. E queremos ajudar-vos a minimizar os stresses das prendas de última hora, aqui ficam algumas ideias de presentes para miúdos e graúdos, é só passar cá a buscar entre as 10h30 e as 19h30 entre hoje, 6ª-feira, e amanhã, sábado, são tudo coisas em stock no atelier. 🙂

  • A promessa de momentos felizes, com um voucher para um “ABC da Bicicleta“, PVP desde 79 €. Ou um incentivo a um maior domínio da matéria, com um voucher para os outros módulos. 😉

  • Campainhas diversas, entre os 2 € e os 10 €.

  • Adaptador universal para smartphones no guiador, da Busch & Müller, PVP 20.60 €

  • Da Georgia in Dublin, uma Rainwrap, para as mulheres que procuram uma forma de pedalar mesmo com chuva, mas sem se molharem nem abdicarem da elegância, quer vistam calças ou saias. 🙂 PVP 59.90 €. (As RainMates, também em stock, só dão para calças!)

 

  • Alforge impermeável Clarijs, 79.95 €

  • Trolley de compras Andersen Shopper, para subir escadas facilmente, PVP 129 €. Dá para usar com o saco, ou sem saco para transportar caixas e afins.

 

 

Autocarro a pedais (bikepooling?)

O que é que é melhor que um pedicab (também conhecido por “triciclo-táxi)? Ora, um autocarro a pedais, claro!

Nada de agir como um passageiro passivo, toda a gente pedala! 🙂

Dá para levar entre 5 a 8 passageiros + o condutor.

 

Digamos que isto é o equivalente ao carpooling, na versão “a pedal”. Bikepooling! 😉

Faz todo o sentido em grandes eventos como festivais, convenções (este das fotos foi especialmente desenhado para uma convenção nos EUA, por exemplo), etc (e nós podemos ajudar).

Juntar a fome com a comida!

O problema da fome ainda não é de falta de comida, mas de uma distribuição ineficiente. O desperdício alimentar tem várias causas e ocorre em diferentes contextos, do industrial ao doméstico, passando pelos locais de processamento e venda ao público.

A ReFood recolhe as sobras dos restaurantes (não, não é nos restos nos pratos dos clientes! 😛 ), divide-as e compõe-as em doses, e depois distribui-as pelas pessoas que delas precisam.

Uma das formas de andar de um lado para o outro a fazer isto é de bicicleta (junta-se o tempo de voluntariado com um tempinho a dar umas pedaladas em nome do gozo e da saúde, e sem gastar nada também, que a ReFood funciona à base de voluntariado).

Por isso há uma campanha em curso para equipar a ReFood com uma “ciclo-carrinha”, neste caso uma longtail Yuba Mundo, uma bicicleta mais adaptada à função de transporte de carga do que aquela que tem sido usada até aqui, de forma a conseguir distribuir muitas mais refeições no mesmo tempo oferecido por cada voluntário.

Basta 1 € cada um e pouco a pouco haveremos de atingir a meta! 🙂

Contribuam até 31 de Dezembro de 2012 (mas quanto mais cedo, melhor, mais depressa chegará a bicicleta!) através da conta com o NIB: 0036 0000 9910 5889 0342 2.Para além da transferência bancária, também podem fazer o vosso donativo na ReFood, na Av. Poeta Mistral (atrás da Igreja de N. Sra. Fátima) em Lisboa, todos os dias úteis das 18H30 às 21H.

Saibam mais sobre esta campanha aqui. Façam “Like” na página da campanha, aqui, e ajudem a divulgá-la pelas vossas redes sociais. Obrigada!