Categories
Uncategorized

A excelência está nos pormenores

O novo interface de transportes do Cais do Sodré foi inaugurado esta sexta-feira pelo ministro das Obras Públicas, Mário Lino, e pela Secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, e foram nele investidos 26,6 milhões de euros ao longo dos 7 anos de obras, para a construção de um terminal fluvial, a requalificação da estação ferroviária e arranjos exteriores.

Com o novo interface de transportes do Cais do Sodré, o Governo pretende «promover e privilegiar a intermodalidade de forma de aumentar a procura em transporte colectivo, garantindo uma mobilidade sustentável a nível social, ambiental e económico-financeiro», garantem.

Alguém já lá encontrou os parques de estacionamento para bicicletas que poderiam promover a tal intermodalidade e a procura pelos TP e blá blá blá que o Governo apregoa? E já testaram a acessibilidade dos passageiros com bicicletas que fazem uso da co-modalidade tolerada pela CP e pela Transtejo (e, vestigialmente, pelo Metro)?…

Parece-me que as bicicletas ficaram, mais uma vez, de fora do essencial…

By Ana Pereira

Instrutora de condução, formadora em segurança rodoviária, e consultora em mobilidade & transporte em bicicleta.

3 comentários a “A excelência está nos pormenores”

Assim de repente consigo apontar alguns defeitos do dito interface do Cais do Sodré: falta de estacionamento para bicicletas, prioridade ao estacionamento de automóveis da administração em frente ao terminal fluvial (qdo as camionetas da carris ficam bem longe), prioridade dada ao taxi que estaciona tb mesmo em frente ao terminal, abertura de cais para embarcações de transporte de veículos, autêntica “selva” de pilaretes inestéticos e inibidores de mobilidade, ausência de corredores lógicos e regularizados para peões…é um autêntico labirinto de estradas, passeios, pilaretes…etc.

Acabei de enviar um e-mail para o ministro e a secretária de estado dos transportes a pedir que façam o que têm de fazer para que sejam colocados parques de estacionamento para bicicletas.

Sugiro que façam o mesmo. Se todos enviarmos um e-mail, poderemos ter em breve locais para deixar as nossas bicicletas no novo interface do Cais de Sodré.

Escrevam!

Mário Lino

Ana Paula Vitorino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *