Há quem precise de uma bicicleta como de pão para a boca

Há sempre gente a passar dificuldades, mesmo nas sociedades mais ricas, e mesmo nos ciclos económicos mais pujantes. Recentemente o número de pessoas a precisar de apoio para se manter de forma minimamente digna tem estado a aumentar, fruto do clima económico depressivo. E se em tempos de bonança o Estado está mais preparado para prestar a assistência necessária, em tempos de tempestade a sua capacidade de resposta também se fragiliza. Nesta altura a resposta da sociedade civil ganha uma importância fundamental.

A ReFood é um projecto sem fins lucrativos, criado em 2010 para servir como um instrumento para redireccionar refeições (sobras) para pessoas que passam fome. A missão do projecto ReFood é diminuir a fome no ambiente urbano ao dirigir refeições (sobras) directamente às pessoas que passam fome mais próximas das fontes de doações.

Podem conhecer melhor o projecto através da página do mesmo no Facebook.

Em 2011 conhecemos o Hunter Halder, o promotor do projecto, quando ele passou pela nossa tenda no Evento Cycle Chic Lisboa, em Maio. Este tem sido o sistema que ele tem usado para distribuir refeições:

Re-Food

Na altura pensámos “este homem precisa mesmo é de uma longtail!”.

time to go shopping by bike

Pois chegou a hora de ajudar a fazer isso acontecer. 🙂 Um grupo de pessoas / entidades, nas quais nos incluímos, está a promover a campanha “Angariação de fundos para adquirir uma bicicleta de carga para a ReFood“, no Facebook e em montras espalhadas pela cidade.

Esta campanha dura até 31 de Dezembro deste ano e visa angariar fundos para equipar o projecto ReFood com uma bicicleta de carga, mais robusta, mais estável e fácil de conduzir mesmo carregada, e com maior capacidade de carga, permitindo, no mesmo tempo, distribuir mais refeições. Uma Yuba Mundo, que será cedida pelo distribuidor europeu a um valor muito abaixo do preço de custo para eles, como forma de apoiar esta causa.

Ajudem. Façam o vosso donativo e divulguem a campanha junto dos vossos amigos, familiares, colegas de escola ou trabalho, etc. Nem que seja 1 € cada um, se formos muitos conseguimos!

E já que estamos nisto, quem sabe no próximo ano não temos por cá uma Alleycat Food Drive como há em S. Francisco, nos EUA? Uma ideia a propôr ao Banco Alimentar e a toda esta malta agora que já leva experiência a organizar alleycats das outras. 🙂

It's ON! SMSW 2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *