Categorias
Notícias CaP

Não foi o fim do mundo, mas foi o fim de duas bicicletas

Hoje, 6ª-feira dia 21 de Dezembro, cerca das 12h30, furtaram-nos duas bicicletas, uma Btwin de 21 mudanças, branca, com alguns anos, modificada: porta-bagagem Racktime, pára-lamas Georgia da Polisport, luzes da Cordo, apoio de descanso (já não é o que aparece na foto abaixo), e um selim de gel, e uma KTM Chicago, preta com letras em laranja, também com um selim diferente do original, mais largo e confortável, preto.

Se souberem do paradeiro delas, agradecemos qualquer informação que nos ajude a reavê-las (contactos aqui).

Esta segunda foto, onde já se vê a bicicleta com os pára-lamas e luzes, foi justamente tirada ontem, para ilustrar a montagem de um cesto:

A outra é uma destas, mas com um selim mais largo, preto:

Não desejamos mal aos dois indivíduos que nos fizeram isto (embora apeteça mesmo muito… 🙁 ), só esperamos que tenha sido por necessidade/desespero e não por ganância, preferimos pensar que alguém pôs comida na mesa para os filhos ou conseguiu pagar a renda de casa mais um mês à conta disto, e não que nos prejudicaram apenas porque puderam.

Apesar de não serem bicicletas de valor muito elevado, dada a nossa micro-dimensão ainda é um golpe considerável, dado que ficamos desfalcados em bicicletas de aluguer e de formação que teremos agora que arranjar forma de repôr.

Embora, vendo sempre o lado positivo da vida, pelo menos não foi o fim do mundo. 😛 Ninguém morreu, nem se feriu, nem houve outros danos, simplesmente teremos que trabalhar ainda mais para conseguir ultrapassar este prejuízo, quando esperávamos poder finalmente descansar um pouquinho que fosse, depois de um ano mesmo muito duro (embora bom mesmo assim!). Enfim, c’est la vie.

A título de agradecimento especial, ofereceremos uma Revisão Simples à sua bicicleta, a quem surja a oportunidade de nos ajudar e que tal leve à recuperação de alguma destas duas bicicletas.

A quem puder manter os olhos abertos, muito obrigada!

Por Ana Pereira

Instrutora de condução, formadora em segurança rodoviária, e consultora em mobilidade & transporte em bicicleta. Bicycle Mayor of Lisbon 2019-2020.

6 comentários a “Não foi o fim do mundo, mas foi o fim de duas bicicletas”

Que chatice :-(((
Mas há uma coisa que não concordo com vocês… eu desejo mto mal a quem fez isto.
Desejo que caiam na desgraça, que caiam com as bicicletas, que tenham um acidente e fiquem sem uma perna.
Este tipo de gente que priva os outros do que têm com o suor do seu trabalho, pk anda a roubá-las… é lixo.
Tb já fui roubado algumas vezes e uma delas levaram-me uma CBR 600 RR com 14 dias e que
tive de andar a pagar dois anos e meio sem a ter.
Por isso só posso desejar mal a quem fez isto.
Vou andar atento… claro.
Abraço e bjinhos… tenham uma ótima entrada em 2013 🙂

Oi João. Sim, sem dúvida que é mesmo preciso estarmos muito concentrados para contrariar os pensamentos negativos face a quem fez isto, pois deixou-nos num aperto maior quando precisávamos mesmo de uma folgazinha que fosse para respirar. Mas enfim, bola para a frente que tristezas não pagam dívidas. Obrigada pelos votos, que retribuímos! 🙂 Bjis

Que desagradável Ana, lamento muito a perda das biclas…
Sabes que agora tenho uma bicicleta nova 😉 e como não consigo pedalar em duas bicicletas ao mm tempo a antiga está parada, posso emprestá-la com mt gosto ai a vocês, sempre desenrasca uma das perdas!
Bjs
Antonieta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.