Categorias
Exemplos Infraestruturas e urbanismo Mobilidade Transportes Públicos Videos

“É um Enrique Peñalosa ali para Lisboa, se faz favor.”

Há pessoas e projectos que nos inspiram. Que nos dão esperança de que é possível fazer diferente, esperar diferente. Que nos dão confiança para fazermos também coisas loucas e grandiosas. O Enrique Peñalosa é para mim uma referência incontornável, e o seu exemplo algo que me alenta os sonhos.

Esta entrevista (versão longa) é absolutamente imperdível. Se tivesse tempo legendava-a em português para que mais pessoas pudessem perceber que o problema de Portugal não é falta de dinheiro, nem de meios, mas sim de inteligência colectiva e pessoas com visão.

«O conflito nas cidades, hoje, é entre os carros e as pessoas. Não se pode ter cidades amigas das pessoas e amigas dos carros, tem que se escolher.»

«Temos que escolher como queremos viver.»

«As cidades existem há 5000 anos, os carros há 80. As cidades sempre foram pedonais, e era assim que eram funcionais. Uma cidade pedonal é amigável para os seus utentes mais frágeis e vulneráveis. Não podemos resolver o problema da mobilidade nas cidades com carros, é simplesmente impossível, não funciona.»

Em apenas 3 anos o “Presidente da Câmara” de Bogotá, Enrique Peñalosa, mudou a maneira como a sua cidade tratava os seus cidadãos “não-motorizados” restringindo o uso do automóvel e instituindo um sistema de autocarros rápidos (com vias exclusivas) que agora transporta 500 000 pessoas diariamente. Entre outros melhoramentos: ele alargou e reconstruiu passeios, criou grandes espaços públicos, e implementou uma rede de mais de 150 Km de ciclovias protegidas (um símbolo de que «um cidadão numa bicicleta de 30 $ é tão importante quanto um cidadão num carro de 30 000 $». E ele teve que lidar com enorme resistência à mudança, protestos, etc.

Eles querem ainda banir totalmente os carros durante as horas de ponta. Actualmente fazem um “Dia Sem Carros” todas as semanas.

«Em apenas 6 anos, de 0.2 % de pessoas a usar a bicicleta diariamente, em Bogotá, passou-se para 5 %. Há agora 400 000 pessoas a andar de bicicleta na cidade, todos os dias.»

«Nós subestimamos o poder dos sonhos. O mais difícil é sonhar e criar um sonho colectivo ou uma visão partilhada. É tempo de arriscar em grande e fazer algo novo, uma nova [insert portuguese city name here]».

A versão curta está no YouTube:

Versão legendada (aberta a revisões 😉 ):

Por Ana Pereira

Instrutora de condução, formadora em segurança rodoviária, e consultora em mobilidade & transporte em bicicleta. Bicycle Mayor of Lisbon 2019-2020.

5 comentários a ““É um Enrique Peñalosa ali para Lisboa, se faz favor.””

Acho que o facto de os mandatos serem únicos também contribui.

Cá o caciquismo, os poderes instalados, os autarcas agarrados com unhas e dentes que nem com processos em tribunal desaparecem de vez dificulta que se chegue a algum lado…

Esta reportagem mostra que (em Portugal) temos que nos ver livres dos académicos presos no passado (you know who they are 😛 ) que só dizem disparates e que contribuem de alguma forma para o estado actual da cidade e para as reestruturações que se vão fazendo, para se dizer que se vai fazendo alguma coisa e não adiantam nada.

Os lugares de estacionamento prometidos pelo pseudo-actual presidente da CML, bem como a construção do túnel do marquês são casos que mostram o péssimo trabalho que se faz em Lisboa. Não temos que tornar a circulação no _centro_ de Lisboa mais fácil para os carros, temos que os fazer desaparecer!

Essa entrevista é genial.

Se quiser ajuda para legenda-la ao português, conte comigo. Apesar das diferenças entre o pt-br e o pt-pt! 🙂

Estive em Bogotá e pude confirmar a maravilha de cidade que se tem lá. Apesar dos problemas ainda existentes, a cidade ainda aponta para um futuro melhor. Só vale a ressalva de que não foi apenas Peñalosa que fez tudo, mas um esforço legislativo que possibilitou que o antecessor dele e os sucessores implementassem a série de mudanças necessárias a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *