Categorias
Faça Você Mesmo Produtos CaP

Mais modificações da Mobiky Genius

Richard Buck (cyqlist) tem no seu conjunto de fotos no Flickr algumas onde é possível ver as alterações que fez à sua Mobiky Genius, que até à última alteração ao sistema de iluminação traseiro estava assim:

Ele começou por alterar o selim de origem para um Brooks, porque considera o selim original demasiado esponjoso e pouco escorregadio:

O modelo usado é um Ladies Standard B.17S por ter o nariz mais curto e não interferir com a pega de transporte da Genius.

Para quem quer usar a bicicleta à noite, um bom conjunto de iluminação é fundamental. Usar algo com pilhas tem sempre o problema da sua recarga, ou pior, da sua substituição. As pilhas costumam demorar muito a carregar e são tóxicas (embora cada vez menos com a eliminação do mercúrio e cádmio da sua composição). Por estes motivos a utilização em contexto urbano de sistemas de iluminação por dínamo é uma escolha mais eficiente e menos poluente que sistemas alimentados a pilhas.
Ora o Richard decidiu adicionar um cubo de dínamo à sua Genius. Esta modificação não foi facilitada pelo tamanho reduzido dos aros das rodas (203mm). Da sua investigação o hub que mais se adequava à aplicação seria um Schmidt SON20S:

Entretanto existe anunciado um modelo novo que poderá ser mais adequado à Genius, mas para o qual não foi definida data de lançamento. O SON20S, que já não está em produção, é desenhado para bicicletas com rodas de 16″ a 20″ e travão de disco, e só está disponível com 32 e 36 furos. Apesar do aro usado pelo Richard ser mais pequeno (o que faz o cubo trabalhar um pouco mais), e ter apenas 20 furos, ele arranjou uma forma de construir a roda e garante que o conjunto funciona perfeitamente.

Como a roda é muito pequena, o Richard teve que cortar a chave de cabeça de raio para poder usá-la na construção da roda: 🙂

Ligado ao cubo está um Inoled Inolight 10+:

Pela indicação do Richard, dá boa luz e tem um bom desenho apesar da sua colocação baixa. Para montar esta óptica foi necessário criar um suporte próprio para adaptar ao pára-lamas frontal:

Para a luz traseira, como na altura da instalação do dínamo o Richard não encontrou uma forma adequada para montar uma óptica traseira que pudesse ligar ao dínamo, optou por um sistema com pilhas, um Busch & Müller Relite D:

Para montá-lo na Genius criou outro suporte adaptado para segurar a óptica à peça de bloqueio:

Mais recentemente desenhou um suporte para poder instalar um Busch & Müller Seculite Plus:

É aconselhado usar limitadores de corrente do dínamo para proteger as luzes, porém o Richard só instalou um aquando da instalação da luz traseira, a luz frontal continua ligada directamente ao dínamo (e pelo indicado pelo Richard, sem problemas até ao momento, mas com a possível redução de vida do LED, por excesso de corrente):

A luz montada fica numa posição que não interfere com a dobragem da Genius:

Como o suporte do pára-lamas traseiro da sua Genius se partiu, o Richard criou outro suporte à medida, já a pensar na adaptação de uma extensão para salpicos que também instalou:

Não seria possível que a Genius perdesse o seu aspecto característico, mesmo depois destas modificações todas, mas é possível notar que existem algumas diferenças (não referida acima, a extensão contra salpicos do pára-lamas frontal, feita com câmara de ar de carro):

Enviem-nos as vossas modificações! 😉

Por Bruno Santos

Instrutor de condução, formador e técnico de mecânica de bicicletas.

2 comentários a “Mais modificações da Mobiky Genius”

Se tiver travão regenerativo simplificaria a montagem pelo facto de poderes remover o travão de disco. Outra solução poderia passar pela roda traseira, perder o cubo Sturmey e montar uma pedaleira com 2 relações… Sei lá, há sempre várias formas de fazer as coisas, o que varia é o t€mpo n€c€ssário para a impl€m€ntação… 😛

Cheers!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.