Categorias
Imagens Infraestruturas e urbanismo Políticas

Upgrade

a7a7bf0aacA CML devia fazer com os parques de estacionamento de bicicletas o que, pelos vistos, está a fazer com os das motas, pelas mesmas razões. Foi com agrado que há uns meses recebi a notícia de que a Câmara iria instalar dezenas de suportes de estacionamento de bicicletas por Lisboa, mas com o tempo fui constatando que:

1) as estruturas não eram as melhores (embora não sejam das piores também!),

2) a implementação não contemplou a delimitação e protecção do espaço de parqueamento,

3) a maior parte das estruturas não foi devidamente sinalizada como local de parqueamento de bicicletas e

4) a localização dos suportes não parece obedecer a nenhuma estratégia pensada para melhor servir os ciclistas (daí continuarem vazios, vendo-se, contudo, bicicletas presas a postes nas imediações).

Curiosamente, mesmo os parques para motas não contemplam barras às quais se possam prender as motas, o que leva a que os suportes para bicicletas se tornem apelativos para serem usados pelos donos das motas…

Bike rack for motorcycles

Afinal, a quem é que a Câmara contrata este serviço? Não deve ser a profissionais, nem sequer simples utilizadores de bicicleta (ou motas) serão, provavelmente, a julgar pelos resultados… 🙁

Por Ana Pereira

Instrutora de condução, formadora em segurança rodoviária, e consultora em mobilidade & transporte em bicicleta. Bicycle Mayor of Lisbon 2019-2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.