This girl can / Esta rapariga pode

10444557_1486228194972671_2598390848085314338_n

Esta Rapariga Pode é uma campanha nacional [no Reino Unido] desenvolvida pela Sport England e uma vasta gama de organizações parceiras. É uma celebração de mulheres activas por todo o país que estão a fazer a cena delas, não interessa quão bem o fazem, qual o seu aspecto ou até mesmo quão vermelhas ficam as suas caras.

 

Há muitos exemplos de exercício e desporto, mas também há exemplos de actividade física simples, como “ir de bicicleta”.

A Grace gosta de andar de bicicleta, ela gosta de estar lá fora a pedalar ao ar fresco, às vezes frio. Ela não está numa corrida com ninguém, não se preocupa com a velocidade a que vai. Ela simplesmente faz a cena dela e é só isso que importa.

Nos bastidores:

Podem ver mais posters e vídeos na página de Facebook da campanha.

O estudo prévio a esta campanha revelou que as mulheres sabem que deveriam exercitar-se mais, mas ainda assim falham em atingir os níveis mínimos de actividade física recomendados para uma vida saudável. Concluiu-se ainda que na faixa etária dos 14 aos 40 anos há menos 2 milhões de mulheres a exercitarem-se face ao número de homens que o fazem, e 75 % das mulheres nesta faixa etária gostariam de fazer mais desporto e/ou exercício físico, mas o medo de serem julgadas é maior do que a sua auto-confiança: 

  • medo de serem julgadas pelo seu aspecto durante a actividade (suadas, ruborizadas, pobre forma física, etc)
  • medo de serem julgadas por não serem boas o suficiente a realizar determinada actividade, ou então demasiado boas e, “logo”, pouco femininas
  • quando têm filhos, sentimento de culpa e medo de serem julgadas por gastarem demasiado tempo com elas próprias

‘This Girl Can’ é uma celebração de todas as mulheres que encontram a confiança para fazerem exercício: é uma atitude, e uma chamada à acção para todas as mulheres fazerem o mesmo. Esta campanha pretende abordar os medos das mulheres, mostrando-lhes que não estão sozinhas, e a esperança é que isso lhes dê mais confiança.

11006385_1536172323311591_9033908445584692742_n

Não conheço outros estudos ou campanhas similares em Portugal, mas desconfio que a nossa realidade, a este nível, não será muito diferente. E penso também que a menor proporção de mulheres a usar a bicicleta como meio de transporte em Portugal, relativamente aos homens, poderá ter, em parte, a ver com esta questão.

Infelizmente em Portugal não se faz muito “marketing” de causas. Nem o Governo, nem organizações grandes. O mais parecido que me lembro foi o projecto Maria Bicicleta, uma iniciativa privada, da Laura e do Vitorino, que depois teve algum apoio institucional da Câmara Municipal de Lisboa e EMEL, na forma de uma exposição na Av. Duque de Ávila. Muito pouco para ter impacto significativo na população, claro.

Maria Bicicleta

Dia 8 de Março é o Dia Internacional da Mulher. Mas já passou, e é só um dia para nos recordar da importância dos outros 364. Que tenhamos todas força para preferirmos ser saudáveis, fortes, independentes, e divertirmo-nos, sempre, e não só em ocasiões especiais. Porque o cabelo desalinhado, a cara vermelha, o suor, o sentirmo-nos fora de forma ou pouco atraentes, é tudo transitório, e irrelevante, o que vai permanecer é a sensação brutal de “eu consigo”, “eu gosto”, “eu quero mais”. Porque nós merecemos.

Cenas a pedal só com uma roda

Há dias descobrimos um blog de um adepto do monociclo (ou “uniciclo”), o Monociclando, do Mário Silva. O blog foca-se essencialmente na vertente desportiva, mas tem uma secção onde explica as vantagens gerais de andar de “mono”, e outra onde dá dicas de como aprender a andar nestas “cenas”.

De notar que o Mário não é um monociclista “qualquer”, ele usa um uniciclo de roda 36″! Parece que só há 3 em Portugal. 🙂

Andar de uniciclo é uma cena que gostaria de aprender, tal como andar de fixie. Parece que não é muito bom para os joelhos, mas deve ser bestial para os abdominais! 😀

Marquês Down Tunnel

Isto é mais virado para o pessoal dos skates e afins, mas tem o seu apelo para quem ande de patinete, de trike, ou de simples bicicleta. 🙂 O único sítio no centro de Lisboa em que o trânsito anda efectivamente à velocidade máxima permitida por lei (50 Km/h), e que, paradoxalmente, é vedado aos ciclistas, estará livre de carros, fumos e ruído e aberto aos modos activos de transporte. 🙂

Marquês Down Tunnel

Do site da associação – Ideia Veloz – que organizou isto:

A Ideia Veloz, em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, comemora a Semana Europeia da Mobilidade com um encontro no dia 22 de Setembro, o Dia Mundial Sem Carros. Um dia importante para todos, um alerta para o uso excessivo do carro nas grandes cidades.

E porque um dia desta importância tem de ser celebrado num lugar com igual importância, não havia em Lisboa melhor sítio para o fazer que o Túnel do Marquês de Pombal. Este ano, reivindicamos o Túnel do Marquês!

Uma das obras mais polémicas de Lisboa, o túnel tem uma extensão total de 1725 metros, um declive de 9% e foi construído com vista à agilização do trânsito automóvel numa das principais artérias de acesso à cidade.

Na noite de 21 para 22 de Setembro de 2010 o túnel vai estar aberto só para acesso a veículos não motorizados.
Entre as 22h30 e as 05h30 as emissões de carbono naquela que é considerada a via mais poluída do país, vai ser ZERO.

Acreditamos que há outras formas de nos movermos nos meios urbanos.
Acreditamos que é possível usar meios de transporte mais ecológicos.
Acreditamos que uma vida em Lisboa mais calma, limpa e sustentável é possível.

A associação de desportos de gravidade sugere uma noite diferente: traz o teu veículo ecológico ao Marquês de Pombal, pelas 23h00 do dia 21 de Setembro, e mostra que também fazes parte do trânsito da urbe.

Vamos ter bicicletas, skates, patins, muita velocidade, graffiti, música e algumas surpresas…
Temos a certeza que este evento vai proporcionar emoções fortes a quem nele participe.

E toca a preparar as rodas, porque vamos ter prémios para os veículos ecológicos mais originais.

As ruas da cidade também são tuas: reivindica-as!

Programa:

23h00 – Reunião de eco-veículos
00h00 – Demonstrações de Skate, BMX, e Patins
01h00 – Demonstração de Downhill
02h00 – Entrega do Prémio Eco-Veículo mais Original
03h00 – Encerramento

Ao longo da noite, Graffiti e Eco-SoundSystem

infoline: (+351) 96 855 00 49

Um evento Ideia Veloz, em parceria com a C.M.L. e a Waves and Woods, com o apoio Don’t Panic, Dedicated, Cascais TV, Turismo de Lisboa e Fuel TV.

Campeonato Ibérico de Mensajeros en Bicicleta

CIMB 2009

Será em Barcelona, de 2 a 4 de Abril, o Campeonato Ibérico de Mensajeros en Bicicleta de 2010.

Campeonato Ibérico de Mensajeros en Bicicleta

Cá em Portugal, que eu saiba, por enquanto os Camisola Amarela são a única empresa de estafetagem em bicicleta em actividade.

Mais eventos na nossa agenda.