Este sábado é dia de aprender a tomar conta da bicla

Aprender a reparar um furo ou trocar uma câmara de ar na bicicleta pode safar-nos de chatices e ainda nos poupa dinheiro (por exemplo, reparar um furo na oficina fica em 7 €). Da mesma forma, sabermos desenrascar-nos a afinar uns travões ou mudanças também se torna muito prático, quer seja no dia-a-dia, em passeio de fim-de-semana, ou mesmo em viagem.

Por isso aproveitem os nossos mini-workshops de mecânica de bicicletas com o Bicycle Repair Man! Os próximos são este sábado e ainda há vagas. Inscrevam-se já e garantam a vossa. 😉

Furo

Para ninguém ter que pedir “epá, vens-me buscar aqui com o carro?, fiquei apeado”. ;-P

Liberta o mecânico que há em ti

Este Sábado há mais uma edição dos mini-workshops de mecânica. O de “Travões & mudanças: funcionamento e afinação” já tem as 4 vagas lotadas, mas ainda temos 3 vagas para este:

Mini-workshop de mecânica: Furos – remendar & trocar câmaras de ar

  • Como saber qual a câmara de ar para a minha bicicleta?
  • No que toca a furos, os pneus são criados todos iguais?
  • Qual a pressão de ar que devo normalmente usar nos pneus?
  • O que preciso para reparar um furo?
  • Como posso remendar uma câmara ou pôr uma nova?
  • Quem? Adultos e crianças a partir dos 12 anos.
  • Quantos?4 3 vagas
  • Quando? 1 a 2 vezes por mês, consulte o calendário no final desta página
  • Duração? 1 sessão de 90 minutos
  • Onde? no nosso ateliê (veja direcções na página de Contactos)
  • Quanto? 5 € / pessoa – grátis p/ mulheres e crianças!

Traga a sua bicicleta pois vai trabalhar nela (se tiver um furo, aproveite!).
Inscrições: até à véspera do workshop cursos@cenasapedal.com, 213889303, 913475864 ou 917489631.

A próxima edição será a sábado dia 4 de Fevereiro; para garantir uma vaga, inscreva-se com antecedência! 😉

Mini-workshops de mecânica de bicicletas na óptica do utilizador

Para tornar os utilizadores de bicicleta mais autónomos (e confiantes em sair de bicicleta!), principalmente os principiantes (ou, os que se encostam sempre aos mecânicos domésticos à mão), desenvolvemos dois mini-workshops práticos de mecânica de bicicletas na óptica do utilizador, onde os participantes terão a oportunidade de praticar nas suas próprias bicicletas, trabalhando sozinhos ou a pares, pequenas tarefas de reparação e manutenção da bicicleta.

Depois de uma ante-estreia durante a Semana Europeia da Mobilidade, em Lisboa, estes mini-workshops vão arrancar de vez agora, e serão oferecidos numa regularidade mensal (podem consultar o calendário aqui). As próximas edições são já este Sábado, dia 3 de Dezembro, e grátis!

Furos – remendar & trocar câmaras de ar

Como saber qual a câmara de ar para a minha bicicleta?
No que toca a furos, os pneus são criados todos iguais?
Qual a pressão de ar que devo normalmente usar nos pneus?
O que preciso para reparar um furo?
Como posso remendar uma câmara ou pôr uma nova?

  • Quando? 3 Dez 14h
  • Quanto? 5 € grátis esta 1ª edição!
  • Duração? 1 sessão de 1 hora
  • Quem? Adultos e crianças a partir dos 12 anos
  • Quantos?4 3 1 vagas

 Travões & mudanças: funcionamento e afinação

Que tipo de travões e de mudanças existem?
Quais os problemas mais comuns?
Como se afinam as mudanças da minha bicicleta?
Como se afinam os travões?
De que ferramentas preciso para fazer estas afinações?
Que manutenção é necessário fazer a estes sistemas?

  • Quando? 3 Dez 15h30
  • Duração? 1 sessão de 1 hora
  • Quanto? 5 € grátis esta 1ª edição!
  • Quem? Adultos e crianças a partir dos 12 anos
  • Quantos?4 2 0 vagas

Traga a sua bicicleta pois vai trabalhar nela.

Inscrições: até à véspera do workshop cursos@cenasapedal.com, 213889303, 913475864 ou 917489631.

Semana Europeia da Mobilidade 2011

Mais um ano, mais um Marginal Sem Carros! 😀 É já no próximo Domingo dia 18, entre as 10h e as 13h, no troço entre Caxias e a Torre.

Este ano vamos lá estar a dar assistência técnica, com o Bicycle Repair Man de novo a dar apoio nos pequenos contratempos (uma corrente que salta, um selim mal apertado, um furo, pneus em baixo, etc). Em princípio devemos ficar no mesmo sítio do ano passado, junto à curva dos pinheiros, em Caxias.

Bicycle Repair Man em acção

E devemos ter algumas cenas a pedal em exposição na tenda, paralelamente, para entreter. 🙂

Apanhem o comboio ou vão a pedalar (em grupo criam uma massa crítica que oferece uma viagem mais segura e confortável), não contribuam para a selvajaria e caos de estacionamento anárquico e congestionamento de trânsito que acontece sempre nos acessos à Marginal, causado por quem insiste em levar o carro até onde o deixarem… Passem a palavra. 😉

À tarde estaremos no Jardim Amália Rodrigues, o Bruno estará a dar os nossos mini-workshops de mecânica de bicicletas na óptica do utilizador, um sobre furos & Cia e outro sobre afinação de travões e mudanças. Querem ser uns ciclistas empoderados? Então apareçam com as vossas biclas. As inscrições são através da organização do Verde Movimento. Em paralelo, eu estarei a operar um pequeno Laboratório de Cenas a Pedal, onde poderão experimentar uma bicicleta com assistência eléctrica, uma dobrável de suspensão total, um triciclo reclinado, e mais algumas coisas. 😉 Vejam o resto da programação da SEM em Lisboa aqui.

Ah, e de 16 de Setembro a 2 de Outubro, temos duas cenas a pedal, um Viper e uma Cargo Bike Long, a integrar a exposição “Pedalar pelo Mundo da Bicicleta”, no Fórum Romeu Correia, em Almada. 🙂 «Esta exposição é uma homenagem ao fantástico universo das bicicletas e revela um pouco da história deste veículo que revolucionou o Planeta.» Na carrinha, seguiram com duas Penny Farthing do Ginásio Clube Português!

Já agora, vai ser lançado oficialmente esta 6ª-feira, “O Meu Livro de Bicicletas, uma edição da AGENEAL e CMAlmada, para o público infanto-juvenil. 🙂

Bicycle Repair Man to the rescue! Mesmo das estáticas.

É, no mínimo, um bocado chato ter que acartar uma bicicleta sem rodas para a oficina mais próxima. Por isso, nada como chamar o Bicycle Repair Man a casa quando surge um problema. Ou ao escritório, como fez o primeiro cliente de bicicleta estática na semana passada, por causa de um problema nos pedais. 🙂

Pedalar na rua é sempre mais estimulante, mas pedalar parado é melhor que nada. 😉