O “ABC da Bicicleta” está de volta!

Depois de uns meses um bocado azarados, com muita chuva, tempo instável, um roubo de bicicletas que usávamos na escola, aulas suspensas, etc, temos finalmente boas notícias para quem procura:

aprender a andar de bicicleta
aulas de bicicleta
aulas de condução de bicicleta
cursos para aprender a andar de bicicleta
escola de condução de bicicleta
aprender a pedalar
aulas de bicicleta para adultos

(some Google love)

Já terminámos a revisão e reformulação do “ABC da Bicicleta” para 2013, e podem consultar tudo nestas páginas, consoante o curso seja para adultos ou crianças:

Continuamos a oferecer as duas modalidades, cursos abertos e cursos particulares.

Já podemos alugar um espaço, fechado e coberto, pertinho do nosso atelier!

pavilhao

Aos cursos “ABC da Bicicleta” realizados neste pavilhão acrescentamos a designação “INDOOR” para distinguir dos outros (realizados ao ar livre, em sítios públicos).

Já temos um novo sistema de reservas online! Vejam aqui.

booking

Acabaram-se (quase todas) as folhas de Excel, agora é fácil saber o calendário dos cursos abertos e as vagas disponíveis, e fazer uma reserva é muito simples, e automático!

Já fizemos os primeiros testes e parece funcionar bem, mas o grande teste vai ser agora com as vossas inscrições e reservas! Por favor avisem-nos se tiverem qualquer dúvida ou dificuldade a usar o sistema para que possamos corrigir o que for preciso: contactos. Por enquanto o sistema é só para inscrições nos cursos abertos, os cursos particulares continuam, pelo menos por enquanto, a ser tratados por e-mail e através de uma Ficha de Inscrição como antigamente.

O tempo começa a melhorar e os dias estão a crescer! 🙂 O que significa que a partir do final de Março vamos poder recomeçar a ter cursos durante a semana ao fim do dia, e que as aulas ao ar livre voltarão progressivamente a ser viáveis.

DSCN3972

Qualquer dúvida, por favor entrem em contacto connosco. O site das reservas tem outros cursos e eventos listados mas nem todos estão prontos, só o ABC da Bicicleta e os workshops de mecânica estão finalizados. Iremos tratando dos outros a pouco e pouco, por isso não estranhem se virem coisas incompletas, é um trabalho ainda em curso! De qualquer modo, esperamos retomar o curso “Condução de Bicicleta na Cidade“, também em reformulação, em Abril!

Dado que, com as dificuldades que tivémos que enfrentar nos últimos meses de 2012, e agora no início de 2013, muitos pedidos ficaram por atender e várias pessoas ficaram com aulas pendentes, temos várias pessoas em espera, pelo que lembramos a importância de tratarem das reservas com a maior brevidade possível, pois as vagas serão atribuídas por ordem de chegada das confirmações! Os próximos cursos começam já este sábado, dia 2 de Março! 🙂

“O melhor amigo dos ciclistas alfacinhas”

Obrigada jornal Metro pelo artigo na edição de 21 de Setembro sobre o nosso serviço “Bicycle Repair Man“! 🙂

Artigo sobre o Bicycle Repair Man no jornal Metro (Lisboa) de 21/09/2012

A especialidade do Bicycle Repair Man são as assistências em viagem, como esta, ou esta, e as assistências ao domicílio (ou outros locais), como esta ou esta. Mas não é só isto, o Bicycle Repair Man também presta assistência técnica a eventos, cujos últimos exemplos foram no Marginal Sem Carros, no passado dia 23 de Setembro, o formato fixo, e no passeio “Duas Margens, Duas Rodas, entre Lisboa e Almada, no dia 22, num formato móvel.

Bicycle Repair Man @ Marginal Sem Carros

Bicycle Repair Man @ Marginal Sem Carros

“Cenas a Pedal: Empresa quer pôr Lisboa a pedalar”

A Catarina Ferreira teve conhecimento da nossa empreitada e achou particularmente interessante a nossa vertente de escola, e por isso contactou-nos a saber mais, para publicar o resultado no portal Boas Notícias, que apenas dá a conhecer “acontecimentos e projectos positivos em Portugal e no resto do mundo”. 🙂 Obrigada Patrícia!

……………………………………………………………………………………………………………..
“2012-07-30 08:18:04”>Segunda-feira, 30 de Julho de 2012

Cenas a Pedal: Empresa quer pôr Lisboa a pedalar”>Cenas a Pedal: Empresa quer pôr Lisboa a pedalar

Cenas a Pedal: Empresa quer pôr Lisboa a pedalar
Fotos © Cenas a Pedal

Ter receio de cair, sentir vergonha ou achar que já não têm idade para aprender são algumas das razões apresentadas por quem não sabe andar de bicicleta. Mas porque nunca é tarde para deixar para trás as hesitações e escolher uma opção amiga do ambiente e benéfica para a saúde, dois jovens empreendedores portugueses criaram a Cenas a Pedal, uma empresa que está a ensinar Lisboa a pedalar.

por CATARINA FERREIRA

De acordo com Ana Pereira e Bruno Santos, casal responsável pelo projeto, estima-se que cerca de 20% das pessoas interessadas no uso da bicicleta, desde homens a mulheres adultos a adolescentes e crianças, acabem por deixar de parte essa opção por não saberem andar.

Para combater esta realidade, os dois decidiram, em 2006, avançar com a iniciativa e tornaram-se os fundadores da primeira e única entidade em Portugal que oferece ao público serviços de formação em condução de bicicleta, prestados por instrutores qualificados e certificados.

“A maior parte das pessoas sabe andar de bicicleta, ou seja, sabe pelo menos o básico do equilíbrio. Mas a muitas falta-lhes um melhor controlo e conhecimento do veículo para se sentirem confiantes em cima dele ou simplesmente as técnicas de condução segura”, explica Ana, em entrevista ao Boas Notícias.

É este controlo e conhecimento que a Cenas a Pedal fornece através das aulas ministradas e que se destinam tanto a particulares como a empresas: não só transforma em “ciclistas” os seus alunos, equipando-os com as competências básicas para o uso diário ou recreativo da bicicleta, como lhes dá também a hipótese de aprender sobre mecânica, tornando-os aptos a, por exemplo, trocar um pneu ou afinar as mudanças.

“Entre os diversos cursos que disponibilizamos, dos diferentes módulos de condução aos de mecânica, já teremos ensinado cerca de 400 pessoas, se contabilizarmos todas as acções com grupos em escolas e empresas”, estima Ana.

Segundo a responsável, a ideia de aprender a pedalar desperta o interesse de pessoas de todas as idades e de ambos os géneros. Ainda assim, afirma, “as mulheres surgem em maior número, constituindo cerca de 65% a 70% dos alunos”. Em termos de idades, “a média anda nos 40 anos”, adianta.

Em geral, o conceito tem sido muito bem recebido pela população lisboeta. “As pessoas dão-nos bastante apoio, muitas por mensagens de e-mail ou comentários no blog ou no Facebook, outras pessoalmente, que é o que efectivamente nos permite ir desenvolvendo e melhorando o que fazemos”, salienta, reforçando o poder do “passa-palavra”, que considera “fundamental” para que a Cenas a Pedal persista nas suas acções.

Uma opção ecológica e boa para a carteira

O sucesso estará também certamente associado à época atual, em que que as preocupações ambientais são crescentes e generalizadas e em que a crise obriga os portugueses a apertar o cinto, surgindo a bicicleta como uma alternativa económica e “verde”. Ao mesmo tempo que permitem poupar a Natureza, sem emissões de gases poluentes, as pedaladas também poupam a carteira.

Este meio de transporte “tem todas as vantagens do carro enquanto meio de transporte particular, desde a flexibilidade à disponibilidade, mas com o bónus de não nos forçar a tempos de deslocação mortos”, aponta Ana. “Ir de bicicleta em vez de carro faz-nos ganhar tempo para nós, para nos mexermos, para limparmos a mente, para pensarmos na vida, para nos ligarmos à cidade”.

Além disso, “ainda nos permite manter muito dinheiro na carteira ao final do mês que podemos usar para aplicar em coisas mais interessantes do que combustível, parquímetros ou portagens”, realça.

Pensar globalmente e agir localmente

Apesar dos bons resultados atingidos até ao momento, a Cenas a Pedal actua, para já, apenas em Lisboa. As aulas decorrem na capital portuguesa, organizadas quer para grupos, quer para cidadãos a título individual, e incidindo sobre diversos módulos, que podem ou não ser frequentados de acordo com a experiência de cada um.

Para quem queira começar do zero, a formação total “dura cerca de 15 horas” sendo a primeira fase o chamado “ABC da Bicicleta“, durante a qual os alunos aprendem, por exemplo, a ajustar o selim e o guiador, a subir e a descer do veículo em segurança, a arrancar e parar, a andar a direito e a curvar em balão.

Os custos variam consoante a opção escolhida: no caso desta primeira fase, para aulas em grupo, a formação tem um custo de 79 € por pessoa com bicicleta incluída, ao passo que as lições individuais custam 119 € euros.

A empresa oferece também aos interessados assistência técnica e serviços de consultoria nos quais se incluem, entre outros aspectos, a avaliação das condições de acessibilidade para utilizadores de bicicleta em edifícios como institutos públicos, escolas ou prédios habitacionais, ou a colaboração no desenvolvimento de planos de mobilidade de empresas, cidades e eventos.

De acordo com Ana, o lema da Cenas a Pedal é “pensar globalmente e agir localmente”, pelo que a expansão a outros pontos do país tem de ser feita com consciência. Porém, “é claro que queremos chegar a mais locais de Portugal e estamos sempre disponíveis para o fazer”, sublinha, acrescentando que “a nível da escola, um passo importante será começar a formar instrutores para oferecerem este serviço nas suas cidades”.

Para já, o principal objectivo é convencer os lisboetas a deixar o carro em casa, saltar para o selim e partir para uma viagem diferente pela cidade, escapando à rotina e entrando em comunhão com aquilo que os rodeia.

“A bicicleta é como um comprimido milagroso, que nos oferece saúde, bem-estar, mais dinheiro no bolso, menos stress, mais tempo livre… além disso é barato e dá imenso gozo tomá-lo! Se lhe propusessem algo assim não aceitaria logo?”, questiona Ana, deixando o convite no ar.

“Descobrir como uma pessoa se equilibra numa bicicleta”

Depois de 200 anos de uso e inovação na bicicleta, os cientistas ainda estão a tentar descobrir exactamente como é que nós nos equilibramos numa bicicleta (vídeo!).

Já para o comum dos mortais a coisa é muito mais simples, ou já se faz sem saber muito bem como, ou aprende-se a fazer no nosso ABC da Bicicleta. 😉

Aproveitem as férias! 🙂 As próximas edições deste módulo para aprender a andar de bicicleta são já na próxima semana:

  • dias úteis: 26 a 29 Junho, 19h00-20h30
  • fim-de-semana: 30 Junho, 1, 7 e 8 de Julho, 9h30-11h00

Inscrevam-se já para garantirem a vossa vaga. Em Julho e em Agosto também vão haver cursos, o calendário será publicado até ao final deste mês. E, claro, há sempre a opção das aulas particulares para quem prefira ou precise.

Bicycle Repair Man salva passeio do Cowork!

O Cowork Lisboa promove passeios de bicicleta ao fim do dia e até têm um grupo no Facebook para isso: Cowork vai de bina. No da semana passada um dos Coworkers teve um problema mecânico. Eram ~20h15 de uma 5ª-feira, não havia oficinas perto, e se houvesse estariam fechadas. Solução? Tentar o Bicycle Repair Man! 🙂

Bicycle Repair Man to the rescue!

Eheheh! 😀

E o mais fixe foi ver a reacção entusiástica do pessoal do passeio no Facebook!

😀 Foi fixe porque 1) para nós é sempre recompensador ver que há por aí gente que se entusiasma com as mesmas cenas (por vezes meio malucas) que nós, e 2) porque o passa-palavra é es-sen-ci-al para a sobrevivência e melhoria desta nossa empreitada. Por isso, obrigada ao Pedro que deu a dica ao grupo e obrigada aos Coworkers por partilharem a experiência! 🙂