Assim foi esta Feira de Bicicletas Maduras

A Feira de Bicicletas Maduras, no último sábado, foi animada, a começar pela página no Facebook. 🙂

IMGP3283

Apareceram bicicletas, incluindo de criança, um atrelado de carga, e várias peças e acessórios:

IMGP3279 IMGP3280

IMGP3278 IMGP3290

IMGP3281 IMGP3300

E até tivemos direito a reportagem televisiva! 🙂

IMGP3287 IMGP3285

O resto das fotos estão aqui.

Hoje ainda temos cá no atelier as nossas cenas usadas, que trouxémos para a feira. Se quiserem aproveitar para passar cá a ver se alguma vos interessa, aproveitem hoje, antes de as levarmos de volta para casa. 😉

A próxima FBM será dia 18 de Maio!

Foi assim o 2º Evento Cycle Chic Lisboa

Sim, parece uma foto do ano passado, é que voltou a chover, mas desta vez foi só depois da tenda montada (obrigada pela ajuda, Carlos, Nuno e Samuel!), que voltou a servir de abrigo aos chiclistas. 😀

2º Evento Cycle Chic Lisboa

Mas parou pouco depois e o pessoal pôde passear e conversar pela zona de exposição antes de arrancarem para o evento.

2º Evento Cycle Chic Lisboa

Nestas coisas depois encontramos sempre caras conhecidas e até vemos algumas das nossas “cenas a pedal” a passar aqui e ali. 😀

2º Evento Cycle Chic Lisboa

2º Evento Cycle Chic Lisboa

O nosso spot, com o Bruno como Bicycle Repair Man.

2º Evento Cycle Chic Lisboa

Houve uma Slow Bike Race em Bromptons e houve uma passerelle de ciclistas onde se tiraram fotografias. Estas serão votadas no Facebook até 31 de Maio e os vencedores receberão prémios. A Cenas a Pedal apoiou a iniciativa com a oferta de 3 inscrições duplas no nosso Curso de Condução de Bicicleta (módulos 1+2+3), no valor de 104 € cada uma. São duplas porque a ideia é o premiado trazer um amigo com quem partilhar a experiência. 🙂

O Miguel, mestre de cerimónia:

2º Evento Cycle Chic Lisboa

E para mim, esta foi a bicla com mais pinta que por lá passou. 🙂

Chopper!

Melhor só a dupla ciclista+bicicleta. 😀

Foto: Artur Lourenço

Cycle Chic versão enxuta, e mais

O 1º Evento Cycle Chic Lisboa meteu água, muita água, literalmente. 🙂 Quando o Miguel anunciou uma repetição, tínhamos que reiterar o nosso apoio marcando novamente presença, e esperando que não fosse, desta vez, a anunciada “onda de calor” a atrapalhar o evento.

Felizmente esteve um belíssimo dia de Verão. 🙂 Bastante calor sim, mas nada como os 40ºC que receávamos. Subir com a bakfiets levemente carregada a Rua Castilho exigiu parar duas vezes, não tanto pela subida em si mas pelo calor e o sol a bater-nos directamente. Fora essa subida, tudo o resto faz-se bem. Desta vez não tivemos contratempos e chegámos bastante cedo ao Campo Pequeno, tivemos muito tempo para montar o estaminé com calma.

Montra móvel

Apesar do calor e do fim-de-semana prolongado, apareceu bastante gente.

Tenda da Cenas a Pedal

A maior parte vinha num estilo mais desportivo / casual, mas houve uns quantos que levaram a coisa a sério e foram mesmo em modo chic. 🙂


SIC CYCLE CHIC por PedrodePena

Vejam as nossas fotos aqui, as do Eduardo aqui, e o relato do Miguel aqui. Houve vários exemplos de ciclistas chic, mas no meio de tanta gente achei algo desconcertante ver um casal que parecia ter levado demasiado a sério as recomendações da APSI para ciclistas

Foi um fim-de-semana cheio em termos de bicicletas, na 6ª-feira a Massa Crítica, no Sábado o Cycle Chic, no Domingo de manhã o Lisboa Bike Tour e o Tejo Ciclável, e à tarde o World [quase] Naked Bike Ride.

O Bruno manteve-se bastante ocupado antes da partida e após a chegada, em serviço como Bicycle Repair Man.

Tenda da Cenas a Pedal Bicycle Repair Man em acção

Depois arrancou na sua Big Dummy, tendo dado boleia ao cameraman da SIC durante todo o passeio. 🙂


Foto: Humberto

Ficou assim a bakfiets transformada em montra móvel a marcar presença sozinha na tenda.

Montra móvel

Enquanto esperava, resolvi colar uns autocolantes “menos um carro” na bakfiets, pois permite-nos realmente passar bem sem carro mesmo neste tipo de situações. 🙂

Menos um carro!

No final, arrumámos tudo nas bicicletas e zarpámos de volta a casa.

Estaminé arrumado!

A descer faz-se bem. Av. da República, Fontes Pereira de Melo, rotunda do Marquês, Rato, Estrela. Andar por aí de bakfiets é priceless. 😛 As pessoas vêm-nos a passar e têm uma espécie de flashback de Amsterdão.

No dia 1 de Julho fui com a bakfiets fazer uma entrega simbólica de livros na Casa do Brasil, no âmbito de uma campanha de recolha de livros promovida pela EpDAH – Engenharia para o Desenvolvimento e Assistência Humanitária, pelo que subi novamente, desta vez com a caixa vazia, até à FCUL, no Campo Grande, onde carregámos os livros simbolicamente pelas 3 bicicletas, e depois descemos até perto do Chiado.

01072011293.jpg 01072011295.jpg
01072011302.jpg Chegada e entrega simbólica dos livros

Depois subi novamente prá Estrela. Pacífico. 🙂

Finalmente, no Domingo dia 3 marcámos presença nas Festas de Santa Isabel, a simpático convite da Junta de Freguesia, e também levei a bakfiets. Digamos que sinto que já fiz a rodagem dela em Lisboa. 🙂

De saída para as Festas de Santa Isabel De saída para as Festas de Santa Isabel

Nas Festas de Santa Isabel

Conseguirmos fazer a nossa vida, Cenas a Pedal incluída, sem ter que usar um automóvel dá um gozo especial. Nas poucas ocasiões em que temos que o fazer, parece um momento solene, solene e extremamente secante. É tão mais vívida a vida em cima de uma bicicleta! 🙂

Rescaldo da Feira de Bicicletas Maduras

Feira de Bicicletas Maduras

Foi há uma semana atrás a Feira de Bicicletas Maduras, uma iniciativa da Cenas a Pedal para contribuir para manter as bicicletas & Cia longe dos aterros, e facilitar as trocas de material usado entre as pessoas – quem tem e já não precisa recupera algum dinheiro, não manda nada fora, e as pessoas que não têm ganham acesso a material a um preço mais acessível, contribuindo para a optimização dos recursos velocipédicos nacionais. 😉

Feira de Bicicletas Maduras

Infelizmente não apareceram todos os inscritos, mas aqui o ‘corredor’ esteve bem composto de qualquer maneira. 🙂

Feira de Bicicletas Maduras

Feira de Bicicletas Maduras Peças

Quadros Peças

Bicicleta

Mais algumas fotos aqui.

Temos que repetir isto, tornar uma cena regular! 🙂 Acho que isso, e a associada maior divulgação, ajudará a atrair mais gente (quer para expôr, quer para visitar), vital para tornar o evento interessante para ambas as partes. E temos que arranjar um estacionamento para biclas lá fora, para não haver confusão entre as que estão à venda e as que estão só estacionadas. ;-P Bolinho e uma limonada também ficavam bem, e era a nossa ideia, mas o dia anterior foi desastroso, tivemos que lidar com uma inundação quando chegámos a casa após o dilúvio do Evento Cycle Chic, e ficámos até às tantas a tratar de resolver o problema e repôr a ordem doméstica – a preparação da Feira ressentiu-se disso. :-\

Bom, talvez todos os meses no Domingo antes da Massa Crítica? A ver se os desbicicletados resolviam o seu problema mais facilmente, e a tempo de participarem! 🙂 Vamos pensar nisto…

Rescaldo do 1º Evento Cycle Chic Lisboa

Faz hoje uma semana que teve lugar o 1º Evento Cycle Chic Lisboa, promovido pelo Miguel, do Lisbon Cycle Chic (que entretanto também já fez o seu relato). A adesão parecia ir ser elevada, contudo, cerca das 15h20 caiu uma carga de água monumental, que não deu descanso, àparte umas pausas aqui e ali, até às 17h e tal, altura em que o céu abriu e ficou um fim de tarde luminoso e muito agradável (só para chatear). Um bocado parecido com hoje, mas ao contrário. 😛

Chegámos já a chuva caía, e montámos a tenda já totalmente ensopados, com a ajuda do Samuel, o importador da Brompton, com quem partilhámos o espaço, e depois da Ana Brutt e do Paulo Lopes, que se ofereceram para ajudar. Depois da tenda montada muita gente ali procurou abrigo. Isso e a chuva fez com que não houvesse propriamente uma exposição – para evitar estragar as coisas (a tenda não é à prova de água, apenas repelente), permaneceu tudo bem protegido dentro da bakfiets.

Cenas a PEdal: um porto de abrigo para os ciclistas de Lisboa!

Cenas a PEdal: um porto de abrigo para os ciclistas de Lisboa!

Foi a maior molha que já apanhámos. E foi fixe, acabou por se tornar uma situação muito divertida. A chuva, conjugada com a primeira viagem de bakfiets carregada por Lisboa (da Estrela ao Campo Pequeno & de volta), foi tudo uma aventura, como bem expressou o César! 🙂

Ana & Bruno ensopados @ 1º Evento Cycle Chic Lisboa
Foto: Paulo Lopes

O Bruno lá deu o seu apoio de Bicycle Repair Man em algumas ocasiões.

Bicycle Repair Man @ 1º Evento Cycle Chic Lisboa Bicycle Repair Man @ 1º Evento Cycle Chic Lisboa

Depois de muito esperar, aproveitou-se uma aberta para dar início ao passeio!

1º Evento Cycle Chic Lisboa

A Chic‘eza variou muito, e embora seja difícil manter o chic encharcados até aos ossos e sujos, houve quem conseguisse manter o look elegante apesar do dilúvio.

P1080999P1080987
P1090020 P1080992
Fotos: Miguel Barroso @ Lisbon Cycle Chic

Duas soluções de transporte de carga, uma adaptação DIY, ao serviço da Re-Food e uma longtail Yuba Mundo:

Re-Food Yuba Mundo!

O resto das nossas fotos estão aqui, outras fotos e vídeos também aqui.

Entretanto, Cycle Chic Lisboa 2 – O regresso, já está agendado para dia 25 de Junho!