Vamos viajar de bicla em 2014?

Sozinhos, com os miúdos, até ao concelho vizinho ou à outra ponta de Portugal, ou mesmo pelo mundo afora?

Grandes viagens

É já no próximo dia 21 de Fevereiro, a partir das 18h20, que o Rafael Polónia virá de novo ao nosso estaminé dar a sua palestra para ciclo-viajantes.

O seu forte são as GRANDES viagens, intercontinentais, mas as suas experiências serão interessantes e úteis para qualquer pessoa que sonhe fazer uma viagem internacional.

As inscrições (28 €) são feitas aqui, até ao próximo dia 16. Não percam a vossa vaga, reservem-na já!

Viajar com crianças

Em Março e Abril teremos um ciclo de quatro tertúlias biciculturais com o tema “Viajar de bicicleta com crianças”!

DSCF4922_crop

Viajar de bicicleta. Viajar de bicicleta em família. Viajar de bicicleta com filhos pequenos! 
Como é? Que tipo de preparação exige? Onde ir? É giro?

Nestas tertúlias teremos famílias que já o fizeram a vir partilhar a sua história: porque decidiram viajar de bicicleta, que preparativos fizeram, que coisas escolheram levar, onde decidiram ficar, porque escolheram aquele percurso, o que gostaram mais, o que gostaram menos, quais os receios que tinham e como lidaram com eles, que surpresas tiveram, o que significou a experiência para eles enquanto família e cada um enquanto indivíduos (crianças incluídas).

Virão cá ajudar a desmistificar a ideia de que viajar de bicicleta com crianças é “impossível” ou demasiado complicado, ou só para atletas ou ciclistas experientes.

Foto1066 Foto1178

Estas não foram grandes viagens internacionais de meses ou anos, foram viagens relativamente curtas, da duração de umas férias normais, acessíveis a qualquer família, aqui mesmo, em Portugal. Sair por aí de bicicleta, com os miúdos, acampando neste parque aqui, pernoitando em casa de um amigo ali, acampando “selvagem” mais à frente… 🙂

CONVIDADOS
 
  • 14 de Março, 6ª-feira, 19h: Pedro & Flávia (que viajaram com os três filhos, Manel, Maria e Francisca)
  • 28 de Março, 6ª-feira, 19h: Gonçalo (que fez várias viagens com o filho Gustavo)
  • 9 de Abril, 4ª-feira, 19h: Filipa & João (que fizeram uma viagem com os dois filhos Vasco e Manel)
  • 23 de Abril, 4ª-feira, 19h: Manon & Luís (que viajaram com a filha Lúcia)

As inscrições são gratuitas e são feitas aqui. Os lugares são limitados, reservem hoje a vossa vaga!

Estique a sua bicicleta e mude a sua vida!

Quer saber como:

  • tornar as viagens de ida e volta do trabalho um dos pontos mais altos do seu dia?
  • gastar menos dinheiro com o carro ou com o passe?
  • encontrar tempo no seu quotidiano para uma actividade física ligeira gratuita?
  • estar mais disponível e próximo dos seus filhos?
  • ir para a praia este Verão sem perder tempo preso no trânsito?

Transforme a sua bicicleta num veículo utilitário prático e divertido. 🙂 Estique-a!

O que é uma bicicleta longtail?

Saiba mais aqui e aqui. Basicamente, é uma bicicleta com uma traseira alongada graças a uma maior distância entre eixos – ‘longtail‘ significa ‘cauda longa’; as rodas estão afastadas mais 38 cm (aproximadamente) do que numa bicicleta normal. Do ponto de vista do aspecto exterior, as longtails serão as station wagons das bicicletas, ou SUB’s (Sports Utility Bicycle) em vez de SUV’s (Sports Utility Vehicle). Exemplos: Surly Big Dummy, Yuba Mundo.

Montagem InstigatorX do R.

Para que serve uma longtail?

Saiba mais aqui. Para aumentar muito significativamente a capacidade de carga de uma bicicleta, sem perder o aspecto e as características de condução de uma bicicleta tradicional (e ficando ainda mais estável!).

Mom hauled all this home.

Porquê uma longtail e não um cesto, um atrelado ou uma longjohn? Veja aqui a comparação.

O que é uma Xtracycle?

Uma  Xtracycle é uma bicicleta (normal, pode ser a que já tem) com a cauda alongada, uma longtail, que usa o sistema modular de acessórios da Xtracycle. O alongamento da cauda é conseguido com o Freeradical, um chassis que prolonga o quadro original da sua bicicleta. Mas já há bicicletas com o quadro alongado de origem, como a Surly Big Dummy, que por isso dispensam o Freeradical, mas que usam todos os outros acessórios Xtracycle.

Fica assim com uma “smartbike” (como se fosse um smartphone) com diversos acessórios que funcionam modularmente (as apps). 🙂

Estão disponíveis na Europa 2 kits:

Freeradical Classic Kit, com dois sacos Freeoaders e um destes decks à escolha: Snapdeck ou Flightdeck (escolha a versão que prefere ou de que precisa para o uso que pretende dar à bicicleta), PVP 559 €.

Com este kit, na versão com Flighdeck, é possível instalar na traseira 1 ou 2 cadeiras de transporte de crianças, consoante a idade das mesmas.

in the background, diesel-powered.  In the foreground, dim sum-powered!

FreeRadical - DoubleStoker

xtracycle electra townie yepp mini and maxi

E, claro, mesmo para quem não tem miúdos para transportar, a capacidade de carga quadruplicada face a uma bicicleta normal é muito útil, seja para ir ao supermercado ou dar a volta ao mundo!

grocery run

Gordon

my big dummy taking a rest

Grand Opening Bike Corrals on Main Street

Flat-ass Kansass

Freeradical Eco Kit, com conjunto de sacos e deck Hoodie, PVP 379 €.

O Eco Kit oferece uma opção integrada deck & sacos muito versátil e económica.

O distribuidor europeu da Xtracycle está agora a receber um contentor e quando este esgotar não se sabe quando voltará a haver mais (decorrerão sempre vários meses até chegar um novo carregamento). Por isso temos estado a aceitar pré-encomendas para este, e a oferecer um pequeno desconto promocional de 20 € no Classic Kit e de 10 € no Eco Kit. Se quiserem aproveitar e assegurar o vosso kit, façam a vossa encomenda até ao próximo dia 25 de Julho!

Carrie Takes a Break

Vão ver que será a melhor decisão que já tomaram, andar de Xtracycle é o máximo! 😀

Histórias de uma viagem em bicicleta

Quem esteve na apresentação do Idílio? Nós estivémos e adorámos. 🙂 Chegámos um pouco antes da hora, para deixar a nossa montra (a CaP apoiou a realização deste evento organizado e promovido pela Matilha Cycle Crew), uma Birdy equipada com uns Ortlieb e um saco da Agu, para umas viagens curtas. 🙂

Touring Birdy!

Não é linda e fofa? 😛

Para uma viagem de 14 meses em autonomia o cenário seria mais este mesmo 🙂 :

"Passageiro de Meio Mundo"

A casa estava muito bem composta.

"Passageiro de Meio Mundo""Passageiro de Meio Mundo"

Mas depois encheu até rebentar pelas costuras. Houve gente que apareceu e nem à porta conseguiu ver!

"Passageiro de Meio Mundo"

E ainda houve gente a ver em live streaming online. 🙂 O Idílio é um bom comunicador, e a apresentação estava muito bem feita, pelo que a par das histórias contadas, foi uma delícia estar a assistir.

"Passageiro de Meio Mundo" "Passageiro de Meio Mundo"

"Passageiro de Meio Mundo"

No final, uma recapitulação:

Toda a gente saiu dali em pulgas por arrancar a pedalar pelo mundo, como não podia deixar de ser. 🙂

Parabéns à Matilha Cycle Crew pela iniciativa e por um evento bem organizado! E ao Idílio, por um projecto tão inspirador e uma apresentação bem feita e muito interessante!

De bicicleta pró festival

O Cristiano passou cá no ateliê no último fim-de-semana para trocar o guiador da sua Btwin por um Contest Comfort da Humpert, bom para viagens mais longas porque oferece uma escolha variada de posicionamento das mãos.

Novo guiador

Novo guiador

Falou de uma viagem. Agora descobrimos qual, foi de bicicleta até ao Festival Super Bock Super Rock. E relatou a experiência no Jornal de Notícias, aqui.

Cristiano Pereira, JN
Foto: Cristiano Pereira / Jornal de Notícias

🙂 Bikes rock. Só falta mais gente perceber isso. Todos os festivais deviam ter estacionamento VIP, pra bicicletas. 😉