«100 dias de Bicicleta em Lisboa – a Contribuição do Modo BICI na Gestão da Mobilidade»

Apresentação e podcast (parte 1 e parte 2) da intervenção do Engº. Civil (de vias de comunicação e transportes) Paulo Guerra Santos na sessão de Ponto de Encontro da Lisboa E-Nova de 25/02/2010, com o tema «100 dias de Bicicleta em Lisboa – a Contribuição do Modo BICI na Gestão da Mobilidade». Oiçam também o podcast (parte 1 e parte 2) do Diálogo moderado.

Esta apresentação concentra-se na dissertação de mestrado do Paulo, que foi aprovada pelo ISEL em 2009. Principalmente a todos os que achem interessantes, credíveis, e positivos a apresentação e o projecto do Paulo, recomendo vivamente que leiam e analisem criticamente a sua dissertação e não se limitem ao cheerleading automático e desinformado. O facto de ter sido realizada por uma pessoa formalmente instruída em engenharia de tráfego (licenciatura + mestrado), e que efectivamente se prestou a andar de bicicleta durante o processo, e ter sido aprovada por um organismo de ensino superior (público), com a chancela do Vice-Presidente do InIR, e ter procurado, angariado e aproveitado tanta atenção dos media, implica um elevado grau de responsabilidade técnica e política de todos os envolvidos e é, consequentemente, um reflexo do nível dessa mesma responsabilidade técnica e política, nesta área, no nosso país, hoje em dia. A não perder, então.

Massa Crítica, HOJE

MC LxNão deixem de participar hoje na MC, se estiverem de bicicleta por Lisboa, Porto, Coimbra, Aveiro e até Setúbal.

Em Janeiro foi assim, sendo de assinalar a participação de um ciclista numa bicicleta tipo semi-reclinada (/’crank-forward‘), da italiana Biocycle! 🙂

Não foi a primeira recumbent numa Bicicletada, penso que esse troféu vai para o Frederico, numa também tipo semi-reclinada, mas “faça-você-mesmo”, em Junho de 2006.

Uma semi-reclinada na MC!
Foto: Paulo Vieira

A propósito, se quiserem passar a rolar por aí numa coisa destas, dirijam-se ao sítio do costume. 🙂

10 conselhos para circular de bicicleta na cidade

Vídeo de conselhos para os utilizadores do sistema de bikesharing da Cidade do México, o Ecobici:

[via]

Citando:

  1. Sê visível
  2. Lembra-te que operas um veículo com todos os direitos e deveres inerentes
  3. Lembra-te que tens direito a usar toda a largura da via
  4. Procura sempre colocar-te diante dos automóveis ao aguardar pelo verde num semáforo
  5. Não andes aos zigue-zagues
  6. Tem cuidado ao ultrapassar
  7. Nas rotundas segue em linha com os automóveis
  8. Lembra-te que os passeios são para os peões
  9. Nunca vás em contramão
  10. De noite usa reflectores e equipa a tua bicicleta com luzes

Resumindo:

Sê visível (pontos 1, 3, 4, 5, 6, 7, 9, 10).
Respeita as normas do trânsito (pontos 2, 8, 9).

Correm notícias de que o sistema de bikesharing de Lisboa estará em funcionamento até ao final deste ano. Parece que as bicicletas terão assistência eléctrica. E ontem ouvi que a adjudicação implicou uma contrapartida de dinheiro para investigação – não sei é do quê, por quem, etc. Vamos torcer para que não se tenham esquecido de contemplar orçamento e meios adequados para campanhas de comunicação e educação como esta do Ecobici.

Conversa legal

Retirado das Perguntas Frequentes da secção “Fundo de Garantia Automóvel” do Instituto de Seguros de Portugal:

Se sofrer danos causados por um peão, uma bicicleta, um animal ou veículo de tracção animal, tenho direito a ser indemnizado pelo Fundo de Garantia Automóvel?

Não.
O Fundo de Garantia Automóvel só pode regularizar acidentes causados por veículos terrestres a motor e seus reboques, com estacionamento habitual em Portugal e para cuja condução seja necessário um título específico.

Campeonato Ibérico de Mensajeros en Bicicleta

CIMB 2009

Será em Barcelona, de 2 a 4 de Abril, o Campeonato Ibérico de Mensajeros en Bicicleta de 2010.

Campeonato Ibérico de Mensajeros en Bicicleta

Cá em Portugal, que eu saiba, por enquanto os Camisola Amarela são a única empresa de estafetagem em bicicleta em actividade.

Mais eventos na nossa agenda.